2 Rodas

/ Curiosidades / Cidade Industrial (CIC)

Cidade Industrial (CIC)

CIC é a sigla do maior bairro em extensão de Curitiba. Além de ser o maior, é também, o mais populoso.

A criação da CIC ocorreu em 1973 com o objetivo de estimular o desenvolvimento da indústria na cidade. Está dividida em três regiões: A CIC Central, que tem característica área mais residencial, e a CIC Norte e CIC Sul, com direcionamento mais industrial. Além da presença de indústrias de todos os portes e de importância econômica em nível nacional e regional, pode-se destacar: o principal campus da Universidade Positivo com seu famoso teatro, a UTFPR (Campus Ecoville) e o Parque do Trabalhador.

É de conhecimento disseminado na cidade que a Paróquia Santo Antônio de Orleans, o Colégio Arquidiocesano de Curitiba, o Seminário São José e o Seminário Filosófico Bom Pastor pertençam ao bairro Orleans, mas geograficamente estão na CIC. O nome Orleans é homenagem a Louis Philippe Marie Ferdinand Gaston, Príncipe de Orleans (Conde d’Eu), que era um nobre francês, que renunciou à linha de sucessão do trono francês em 1864, quando se casou com a filha do imperador Dom Pedro II, Princesa Isabel, com quem teve três filhos

ORLEANS – A origem do bairro é a “Colônia Orleans” de 1875 com cerca de 30 famílias de imigrantes poloneses, por isso, inicialmente batizado de distrito de Nova Polônia. Em 1878, a colônia foi emancipada e renomeada apenas como “Orleans”, em homenagem a Louis Philippe Marie Ferdinand Gaston, Príncipe de Orleans (Conde d’Eu).

Em 1880, o imperador Dom Pedro II visitou a região e doou uma imagem do padroeiro Santo Antônio e os sinos. A Paróquia Santo Antônio de Orleans tem os sinos originais doados pelo Imperador, mas a imagem do santo é outra.

Vista da Rodovia do Café do Viaduto Orleans: à esquerda, sentido Curitiba (Campina do Siqueira) e à direita, sentido interior.

Vista da Rodovia do Café do Viaduto Orleans: à esquerda, sentido Curitiba (Campina do Siqueira) e à direita, sentido interior.

 

Entrada da Paróquia Santo Antônio de Orleans e o prédio da administração.

Entrada da Paróquia Santo Antônio de Orleans e o prédio da administração.

 

Paróquia Santo Antônio de Orleans.

Paróquia Santo Antônio de Orleans.

 

Praça Irmãs da Sagrada Família.

Praça Irmãs da Sagrada Família, que homenageia São Zygmunt S. Felinski, nascido Wojutym (Polônia) em família nobre e cristã em 1822. Estudou na Universidade de Moscou e em Sorbonne na França, tornando-se professor de Matemática. Em 1857, em Petersburgo, iniciou a fundação da Congregação das Irmãs da Sagrada Família, visando minimizar o sofrimento das crianças e idosos abandonados. Canonizado em 2009.

 

Colégio Arquidiocesano de Curitiba e o Seminário São José.

Colégio Arquidiocesano de Curitiba e o Seminário São José.

 

Seminário Maior Filosófico Bom Pastor.

Seminário Maior Filosófico Bom Pastor.

 

Modernos conjuntos residenciais em Orleans e o comércio intenso na Rua Prof. João Falarz.

Modernos conjuntos residenciais em Orleans e o comércio intenso na Rua Prof. João Falarz.

 

 

Clique o bairro que deseja visitar:

Abranches  –   Água Verde   –   Ahú   –   Alto da Glória   –   Alto da XV   –  Bacacheri   –   Bairro Alto   –   Batel   –   Bigorrilho   –   Boa Vista   –   Bom Retiro  –   Boqueirão   –   Cabral   –   Cajuru   –   Campina do Siqueira   –   Campo Comprido   –   Capão da Imbuia   –   Capão Raso   –   Cascatinha   –   Centro   –   Centro Cívico   –   Cidade Industrial (CIC)   –   Cristo Rei   –   Fanny   –   Fazendinha   –   Guabirotuba   –   Guaíra   –   Hauer   –   Hugo Lange   –   Jardim Botânico   –   Jardim das Américas   –   Jardim Social   –   Juvevê   –   Lindóia   –   Mercês   –   Mossunguê   –   Novo Mundo   –   Parolin   –   Pilarzinho  –   Pinheirinho  –   Portão   –   Prado Velho   –   Rebouças   –   Santa Felicidade   –   Santa Quitéria   –   Santo Inácio   –    São Braz   –   São Francisco   –   São João   –   São Lourenço   –   Seminário   –   Taboão   –   Tarumã   –   Uberaba   –   Vila Izabel   –   Vista Alegre   –   Xaxim

Para comprar o livro por meio da Editora Pólis Civitas: (clique aqui)

Para conhecer a matéria da RPC sobre o livro, exibida em 28 de maio de 2022 (com 5 minutos de duração): clique aqui.

 

Voltar

Compartilhe no WhatsApp