Menu

8 Indicadores de Desempenho definem ranking de universidades dos BRICS

8 Indicadores de Desempenho definem ranking de universidades dos BRICS

As Universidades dos BRICS (países emergentes: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) são classificadas anualmente pela consultoria britânica Quacquarelli Symonds (QS) com base em oito indicadores, com o peso correspondente na avaliação geral apresentado entre parêntesis:

  • Reputação no meio acadêmico (30%)
  • Reputação no mercado de trabalho (20%)
  • Índice de professores por aluno (20%)
  • Índice de professores com doutorado (10%)
  • Índice de artigos indexados por professor (10%)
  • Índice de citações por artigo (5%)
  • Índice de professores estrangeiros (2,5%)
  • Índice de alunos estrangeiros (2,5%)

Comparando-se os resultados obtidos pelo Brasil em 2015 em relação ao ano anterior, pode-se dizer que perdemos espaços. Por exemplo, em 2014 tínhamos nove universidades entre as 50 melhores; neste ano, apenas oito, pois a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) que estava posicionada em 44ª. deixou de aparecer na lista.

Com exceção da UNESP (Universidade Estadual Paulista) que melhorou seu desempenho, passando da 30ª para a 27ª posição, todas as demais caíram: USP – Universidade de São Paulo (de 7a. para a 9ª. posição), UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas (da 9ª. para 12ª. posição), UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro (da 21a. para a 25ª. posição), UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo (da 32ª para a 37ª posição), UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais (da 40ª para a 41ª posição), UFRGS- Universidade Federal do Rio Grande do Sul (da 38ª para 42ª posição), PUC-SP - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (da 43ª para a 47ª colocação) e PUC-RJ - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (da 45ª também para a 47ª posição).

Destaca-se que as três primeiras posições são ostentadas por universidades chinesas: Thsingua University, Peking University e Fudan University.

No ranking geral QS World (2014/2015), dentre as dez primeiras há seis norte-americanas e quatro britânicas, nesta ordem: MIT – Massachusetts Institute of Technology (EUA), University of Cambridge (Reino Unido), Imperial College London (Reino Unido), Harvard University (EUA), University of Oxford (Reino Unido), UCL – University College London (Reino Unido), Stanford University (EUA), Caltech – California Institute of Technology (EUA), Princeton University (EUA) e Yale University (EUA). A melhor brasileira classificada é a USP – Universidade de São Paulo na 132ª. posição, que é a melhor universidade classificada da América Latina.

 

Referências:

QS Top Universities. Disponível em: <http://www.topuniversities.com/>. Acesso em: 09 jul. 2015.

USP e Unicamp caem no ranking de países dos BRICS. O Estado de S. Paulo. 09 jul. 2015 p. A15.

voltar ao topo

Cursos e Workshops

Consultoria

Impariamo...

Livros

Gerenciamento Projetos

Artigos