Menu

Indicadores próprios: controle sobre o gerenciamento de projetos

Indicadores próprios: controle sobre o gerenciamento de projetos

Matéria publicada pelo PMI São Paulo em julho/2014

 

Empresas que criam seus próprios indicadores no gerenciamento de projetos têm em mãos itens fundamentais para a avaliação personalizada da equipe, dos projetos e da própria organização. Apesar de ser necessário dispor de recursos financeiros e contar com a alocação de funcionários para a elaboração dos indicadores, as empresas beneficiam-se sobremaneira pois usufruem da vantagem competitiva de controlar em detalhe prazos, custos e a evolução geral do projeto.

Ao ter indicadores desenvolvidos especificamente para o projeto, as organizações conseguem medir, avaliar e monitorar a dimensão ou o conjunto de dimensões mais pertinente ao projeto, levando sempre em conta o tipo da organização e o nível de maturidade de gerenciamento de projetos. Segundo o PMP e diretor executivo da Impariamo – Cursos e Consultoria, Armando Terribili Filho, um exemplo é quando “uma organização define como prioridade a monitoração dos itens “riscos” e “comunicação” e cria dois indicadores específicos com base nos sistemas disponíveis e nos padrões de normalidade definidos”, explica Terribili.

Para ler a matéria toda, clique aqui.

 

voltar ao topo

Cursos e Workshops

Consultoria

Impariamo...

Livros

Gerenciamento Projetos

Artigos