Menu

Estratégias para a criação de um Escritório de Projetos

por Armando Terribili Filho da IMPARIAMO 

Para se tornar mais eficientes e reduzir riscos em suas operações de negócios, as pequenas e médias empresas de serviços abraçaram a utilização do gerenciamento de projetos de modo profissional. Isto é positivo, pois traz inúmeros benefícios às empresas na gestão de projetos, sobretudo quanto à: (1) clara definição do escopo dos serviços a serem prestados e a gestão do escopo previamente definido; (2) compartilhamento de informações do projeto, incluindo, cronograma, plano de comunicação e critérios de aceite; (3) uso de indicadores que permitem avaliar o progresso dos projetos, possibilitando posteriores análises de causas-raiz de problemas e consequente endereçamento de soluções.

Leia mais ...

O Escritório de Projetos e o Centro de Documentação

por Armando Terribili Filho da IMPARIAMO 

O termo “Centro de Documentação” induz em um primeiro momento, equivocadamente, a algo exclusivo relacionado a armazenamento de documentos históricos em locais que necessitam de condições ambientais específicas (iluminação, temperatura e umidade relativa) visando à conservação do registro de memórias ou mesmo de acervos de publicações e livros. Ademais, nessa percepção, a proteção do acervo deve contemplar medidas preventivas contra agentes químicos (poluição atmosférica), agentes biológicos (fungos, insetos e roedores) e agentes humanos (manuseio inadequado e vandalismo).

Leia mais ...

Os cinco problemas mais frequentes nos projetos das organizações no Brasil: uma análise crítica

Artigo científico escrito por Armando Terribili Filho da IMPARIAMO e publicado na Revista Gestão & Projetos da Uninove. Edicão de mai/ago 2013, v. 4, n. 2, p.213-237. 

Resumo: Este artigo visa discutir os aspectos relevantes relativos aos cinco problemas mais frequentes nos projetos das organizações no Brasil de acordo com os resultados do Benchmarking em Gerenciamento de Projetos Brasil – 2010, que teve a participação de 460 organizações públicas e privadas.

Leia mais ...

A profissionalização do gerenciamento de projetos no Brasil: um estudo comparativo dos resultados dos benchmarkings de 2004 e 2010

Artigo científico escrito por Armando Terribili Filho da IMPARIAMO e publicado na Revista Estratégica da Faculdade de Administração da FAAP. Edição de jan/jul. 2011, v. 11, n.1, p.9-19.

Resumo: Este artigo apresenta a situação atual do gerenciamento de projetos no país, tendo por base o benchmarking conduzido em 2010 pelos 13 chapters brasileiros do PMI – Project Management Institute, que teve a participação de 460 organizações públicas e privadas.

Leia mais ...

Gerenciamento de Projetos em 7 Passos: uma abordagem prática

por Armando Terribili Filho da IMPARIAMO 

No dia 28 de junho foi efetuado o lançamento de meu livro com o título deste artigo. Indiscutivelmente, para o autor, é um momento de realização pessoal e profissional. Realização pessoal, pois no evento encontramos colegas e ex-colegas de trabalho, professores, alunos e ex-alunos, orientandos e ex-orientados, amigos e familiares – ou seja, os companheiros de viagem. É também momento de realização profissional, pois através de um livro, o autor apresenta o repertório de conhecimentos que adquiriu com pesquisas e com sua experiência. O desafio é comunicar ao leitor as ideias, propostas e conhecimentos de forma criativa, inovadora, organizada e didática para que o produto gerado (livro) possa ser efetivamente utilizado.

Leia mais ...

Benchmarking em gerenciamento de projetos: PMO e treinamento

por Armando Terribili Filho da IMPARIAMO 

Com o objetivo de se ter uma estrutura específica e profissional para a área de Gerenciamento de Projetos, surgiu nas organizações, o PMO – Project Management Office ou Escritório de Projetos. Em algumas organizações sua responsabilidade é limitada a dar suporte aos Gerentes de Projeto; em outras, tem suas responsabilidades expandidas, pois fica responsável por definir metodologias, ferramentas e padrões, englobando: criação da documentação, divulgação, treinamento dos profissionais e monitoração quanto ao uso correto.

Leia mais ...

Benchmarking em gerenciamento de projetos

por Armando Terribili Filho da IMPARIAMO 

Benchmarking é um instrumento para melhoria de desempenho de processos e sistemas das organizações tendo por base as melhores práticas internas ou de mercado, chamadas de best practices. O benchmarking foi pioneiramente utilizado pela Xerox Corporation nos Estados Unidos em 1979, em momento de intensa competitividade internacional no segmento de fotocopiadoras. Ainda sobre benchmarking, os professores José Roberto Loureiro de Mattos e Leonam dos Santos Guimarães, no excelente livro “Gestão da Tecnologia e Inovação: uma abordagem prática” (Saraiva, 2005), apresentam os quatro tipos de benchmarking, a saber:

Leia mais ...

Escritório de Projetos: modalidades e responsabilidades

por Armando Terribili Filho da IMPARIAMO

 

 

Com a profissionalização da área de Gerenciamento de Projetos nas organizações no Brasil, cada vez mais, os Escritórios de Projetos se fortalecem e passam a ser estruturas ativas no dia a dia das corporações. Desta forma, o Escritório de Projetos, também conhecido por PMO (Project Management Office) passa a assumir novas responsabilidades nos processos de seleção, de execução e dos resultados obtidos dos projetos; ademais, novos papéis surgem, como o Resource Manager (Gerente de Recursos) e o próprio Project Management Officer, que representa o profissional com autoridade máxima no Escritório de Projetos da organização.

 

 

Leia mais ...

Cursos e Workshops

Consultoria

Impariamo...

Artigos

Artigos Gerenciamento de Projetos